Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Segunda-feira da oitava da Páscoa

Evangelho (Mt 28,8-15): Elas se aproximaram e abraçaram seus pés, em adoração. E saindo às pressas do túmulo, com sentimentos de temor e de grande alegria, correram para dar a notícia aos discípulos. Nisso, o próprio Jesus veio-lhes ao encontro e disse: «Alegrai-vos!». Elas se aproximaram e abraçaram seus pés, em adoração. Jesus lhes disse: «Não tenhais medo; ide anunciar a meus irmãos que vão para a Galileia. Lá me verão».

Quando foram embora, alguns da guarda entraram na cidade e comunicaram aos sumos sacerdotes o que tinha acontecido. Reunidos com os anciãos, deliberaram dar bastante dinheiro aos soldados; e instruíram-nos: «Contai o seguinte: ‘Durante a noite vieram os discípulos dele e o roubaram, enquanto estávamos dormindo’. E se isso chegar aos ouvidos do governador, nós o tranquilizaremos, para que não vos castigue». Eles aceitaram o dinheiro e fizeram como lhes fora instruído. E essa versão ficou divulgada entre os judeus, até o presente dia.

Ilustração: Francesc Badia

Hoje as mulheres encontraram o sepulcro vazioo. Jesus não está alí: resucitou! Vão correndo dizer aos Apóstolos. Pelo caminho lhes aparece Jesus Cristo. Elas não têm nenhuma dúvida: beijam os pés de Jesus.

Enquanto isso, em Jerusalém os sumos sacerdotes do Templo fazer correr o falso rumor de que Jesus não ressucitou, senão que seu corpo que estava no sepulcro, foi roubado...

—Jesus, creio que vives e que me amas. Quero —como as santas mulheres— beijar teus pés.