Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Sexta-feira da 10ª Semana do Tempo Comum

Evangelho (Mt 5,27-32): Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Ouvistes que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. Ora, eu vos digo: todo aquele que olhar para uma mulher com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela em seu coração». Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Ouvistes que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. Ora, eu vos digo: todo aquele que olhar para uma mulher com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela em seu coração. Se teu olho direito te leva à queda, arranca-o e joga para longe de ti! De fato, é melhor perderes um de teus membros do que todo o corpo ser lançado ao inferno. Se a tua mão direita te leva à queda, corta-a e joga-a para longe de ti! De fato, é melhor perderes um de teus membros do que todo o corpo ir para o inferno.

»Foi dito também: ‘Quem despedir sua mulher dê-lhe um atestado de divórcio’. Ora, eu vos digo: todo aquele que despedir sua mulher — fora o caso de união ilícita — faz com que ela se torne adúltera; e quem se casa com a mulher que foi despedida comete adultério».

Ilustração: Sr. Josep Lluís Martínez i Picañol (Picanyol)

Hoje, escutamos novamente Jesus como “divino mestre”. Hoje, fala-nos do matrimónio. De início, confirma que o amor dos pais é para sempre (não existe “amor a tempo parcial”). Isto já nós sabíamos! Mas Jesus vai mais longe: pede um amor delicado (“amor grosseiro” existe?).

- “Amor delicado”? Linguagem amável, gestos afáveis e “olhar ecológico”. Sim, um olhar que não faça cálculos sobre o corpo do outro, mas que abrace todo o ser da pessoa que estou a ver. Assim é o olhar de Jesus!