Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Sexta-feira da 14ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Mt 10,16-23): «Vede, eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos (...). Por minha causa, sereis levados diante de governadores e reis, de modo que dareis testemunho diante deles e diante dos pagãos (...). Sereis odiados por todos, por causa do meu nome. Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo (...)».

O apóstolo

Fray Josep Mª MASSANA i Mola OFM
(Barcelona, Espanha)

Hoje, Jesus anuncia aos seus o que sofrerão pelo fato de serem apóstolos. Não lhes dá perspectivas muito motivadoras: Juízos, açoites, ódio da própria família, persecuções, morte. Atitude dos apóstolos: Astúcia e inocência. Sua tarefa: Percorrer o mundo dando testemunho de Jesus, falando inspirados pelo Espírito Santo... fugindo quando seja necessário. O mais importante: Perseverar até o fim.

“Apóstolo” é um término grego que significa “enviado”, enviado por Jesus para anunciar sua mensagem. São doze os que Jesus escolheu. Para manter íntegro o Evangelho, a predicação apostólica conserva-se desde o início até o fim dos tempos, por uma sucessão interrompida. Esta transmissão viva a denominamos “tradição”: Predicação apostólica continuada na sucessão apostólica. Tradição e Escritura são as duas grandes fontes da fé.

—Senhor, graças pelos apóstolos que fizeram que a fé chegasse até hoje e, porque nos envias a nós como parte desta “corrente” apostólica que anuncia o Evangelho.