Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Domingo II (A) do Tempo Comum

Evangelho (Jo 1,29-34): No dia seguinte, João viu que Jesus vinha a seu encontro e disse: «Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo (...)».

Jesus, o “Cordeiro de Deus”

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje, o que significa "cordeiro de Deus”? Por que Jesus é chamado de “cordeiro” e, por que esse “cordeiro” tira os pecados do mundo?

O canto do servo de Deus em Isaias 53,7 compara ao servo que sofre com um cordeiro que foi levado ao matadouro. “Como ovelha muda diante do tosquiador, ele não abriu a boca”. Mais importante ainda, é que Jesus foi crucificado durante uma festa de Páscoa e devia aparecer como o verdadeiro cordeiro pascal, no qual se cumpria o que havia significado o cordeiro pascal na saída de Egito. A partir da Páscoa, o simbolismo do cordeiro tinha sido fundamental para entender a Cristo.

—Se nas penúrias da opressão egípcia o sangue do cordeiro pascal tinha sido decisiva para a liberação de Israel, Ele, o Filho que se fez servo— o pastor que se transformou em cordeiro— se fez garantia já não somente para Israel, senão também para a liberação do mundo, para a humanidade toda.