Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Terça-feira da 25ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Lc 8,19-21): Naquele tempo, sua mãe e seus irmãos vieram ter com ele, mas não podiam se aproximar, por causa da multidão. Alguém lhe comunicou: «Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem te ver». Ele respondeu: «Minha mãe e meus irmãos são estes aqui, que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática».

A obediência em Jesus é o verdadeiro culto a Deus

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje Cristo pede a nossa obediência. A "Carta aos Hebreus" classifica o culto do Antigo Testamento como "sombra" à vista da insuficiência dos sacrifícios de animais, de que Deus não necessita e nos quais o homem não dá a Deus o que Ele poderia esperar do homem. A autêntica veneração a Deus encontra-se na vida marcada pela sua Palavra e dentro dela.

Porém, a nossa obediência é sempre deficiente. A nossa moralidade pessoal não basta para reverenciar Deus corretamente. Por isso, o Filho se fez carne e assumiu um corpo humano, tornando possível uma nova forma de obediência, que vai mais além de todo o cumprimento humano dos Mandamentos. No seu Corpo, Jesus Cristo devolve a Deus toda a humanidade. Só no Verbo que se fez carne, cujo amor se cumpre na Cruz, a obediência é perfeita.

—Jesus, tu que és Deus feito carne, leva-nos contigo a todos e oferece o que não poderíamos dar só por nós próprios.