Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Terça-feira da 2ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 3,7-15): «Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu: o Filho do Homem». «Não te admires do que eu te disse: É necessário para vós nascer do alto. O vento sopra onde quer e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim é também todo aquele que nasceu do Espírito». Nicodemos, então, perguntou: «Como pode isso acontecer?». Jesus respondeu: «Tu és o mestre de Israel e não conheces estas coisas? Em verdade, em verdade, te digo: nós falamos do que conhecemos e damos testemunho do que vimos, mas vós não aceitais o nosso testemunho. Se não acreditais quando vos falo das coisas da terra, como ireis crer quando eu vos falar das coisas do céu? Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu: o Filho do Homem. Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim também será levantado o Filho do Homem, a fim de que todo o que nele crer tenha vida eterna».

Ilustração: Pili Piñero

Hoje, continua o diálogo entre Jesus e Nicodemos. Jesus fala da sua “Família Divina”: o Espírito Santo e o Pai. Para entender Jesus é necessário confiar nas suas palavras. Porque ninguém viu o Pai e o Espírito Santo: só o Filho que vive eternamente no céu e que veio à terra para nos salvar com o sacrifício da Cruz.

- Três Pessoas Divinas num só Deus: é a verdade mais importante do cristianismo.