Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Segunda-feira (B e C) da 4ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 10,1-10): «As ovelhas escutam a sua voz, ele chama cada uma pelo nome e as leva para fora». «Em verdade, em verdade, vos digo: quem não entra pela porta no redil onde estão as ovelhas, mas sobe por outro lugar, esse é ladrão e assaltante. Quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. Para este o porteiro abre, as ovelhas escutam a sua voz, ele chama cada uma pelo nome e as leva para fora. E depois de fazer sair todas as que são suas, ele caminha à sua frente e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. A um estranho, porém, não seguem, mas fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos». Jesus contou-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que ele queria dizer.

Jesus disse então: «Em verdade, em verdade, vos digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos aqueles que vieram antes de mim são ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os escutaram. Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair, e encontrará pastagem. O ladrão vem só para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância».

Ilustração: Sr. Josep Lluís Martínez i Picañol (Picanyol)

Hoje, novamente, Jesus Cristo nos diz que Deus é nosso pai. E como todos os pais desta vida, Ele chama cada um de nós pelo nosso próprio nome. Antes Dele, não somos mais um do grupo. Jesus, além disso, nos adverte de falsos pastores: são aqueles que não nos dizem a verdade ou nos dão um bom exemplo. Mas Jesus nos defende dos "lobos".

-Na vida encontraremos ladrões e assaltantes: não os escutaremos. -Jesus, quero te ouvir; Você é a porta do céu.