Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: 13 de Maio: Nossa Senhora de Fátima

Evangelho (Mt 12,46-50): Jesus falava ainda à multidão, e, apontando com a mão para os seus discípulos, acrescentou: «Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe». Naquele tempo, Jesus falava ainda à multidão, quando veio sua mãe e seus irmãos e esperavam do lado de fora a ocasião de lhe falar. Disse-lhe alguém: Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar-te. Jesus respondeu-lhe: «Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?». E, apontando com a mão para os seus discípulos, acrescentou: «Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe».

Hoje, celebramos a festa de Nossa Senhora de Fátima, recordando as aparições da Virgem Maria (1917) aos três pequenos pastores Lúcia, Jacinta e Francisco. Deus é misericordioso, Pai de bondade que não nos abandona, quis consolar a humanidade de diversas maneiras. Uma delas foram as aparições de Maria Santíssima. Nos finais do séc. XIX destaca-se Lourdes; nos começos do séc. XX, salientam-se as aparições de Fátima.

—O tema da petição de Maria era a reparação pelos pecados dos homens, a penitência e a oração pelos pecadores: «Rezai, rezai muito e fazei sacrifícios pelos pecadores, que vão muitas almas para o inferno por não haver quem se sacrifique e peça por elas».