Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quinta-feira da 28ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Lc 11,47-54): O Senhor disse:«Ai de vós, porque construís os túmulos dos profetas! No entanto, foram vossos pais que os mataram (...). Sim, eu vos digo: esta geração terá de prestar conta disso». Naquele tempo, o Senhor disse:«Ai de vós, porque construís os túmulos dos profetas! No entanto, foram vossos pais que os mataram. Com isso, sois testemunhas e aprovais as ações de vossos pais, pois eles mataram os profetas e vós construís os túmulos. É por isso que a sabedoria de Deus afirmou: Eu lhes enviarei profetas e apóstolos, e a alguns, eles matarão ou perseguirão; por isso se pedirá conta a esta geração do sangue de todos os profetas derramado desde a criação do mundo, desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi morto entre o altar e o Santuário. Sim, eu vos digo: esta geração terá de prestar conta disso. Ai de vós, doutores da Lei, porque ficastes com a chave da ciência!: vós mesmos não entrastes, e ainda impedistes os que queriam entrar».

Quando Jesus saiu de lá, os escribas e os fariseus começaram a importuná-lo e a provocá-lo em muitos pontos, armando ciladas para apanhá-lo em suas próprias palavras.

Ilustração: Francesc Badia

Hoje, nosso Deus silencioso levanta a voz mais do que nunca. Que repreensão! Deus carrega a discrição em seu DNA. Do outro lado são os que são habituais: fariseus, legistas e outros líderes que - mantendo a fachada das pessoas honradas - aproveitam as pessoas simples. Jesus não pode suportar isso! Sua indignação explode em palavras ásperas.

- Deus não cala, ainda que isso lhe custasse muito: «Eeles começaram a importuná-lo ». Nunca se desanime; Deus está a nosso favor. Além disso, o Jesus ressuscitado tem a última palavra!