Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quarta-feira da 15ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Mt 11,25-27): Jesus pronunciou estas palavras: «Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos (...)». Naquela ocasião, Jesus pronunciou estas palavras: «Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, assim foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar».

Ilustração: Francesc Badia

Hoje, Jesus transmite-nos um grande “segredo”: se queres ter fé, faz-te pequeno. Para crer em Deus, temos de começar por nos situarmos: quem sou eu? Só Deus é Deus!, e reconheço que eu sou limitado. Na verdade, somos inteligentes, mas também… muito limitados. Quando o homem não acredita em Deus, inventa um “Deus”, ou autoproclama-se “Deus”.

- Jesus é Deus que se fez pequeno. Tu não te farás pequeno perante Ele? O lógico é que eu reconheça a minha pequenez e proclame a grandeza de Deus. Não é?