Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

O Evangelho de hoje
para a família

Evangelho de hoje + desenho + catequese

Tempo Comum, Semana XXXII (A), Domingo

Baixar
Evangelho (Mt 25,1-13): «O Reino dos Céus pode ser comparado a dez moças que, levando suas lamparinas, saíram para formarem o séquito do noivo. Cinco delas eram descuidadas e as outras cinco eram previdentes. As descuidadas pegaram suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo...». Naquele tempo, disse Jesus aos discípulos esta parábola: «O Reino dos Céus pode ser comparado a dez moças que, levando suas lamparinas, saíram para formarem o séquito do noivo. Cinco delas eram descuidadas e as outras cinco eram previdentes. As descuidadas pegaram suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo. As previdentes, porém, levaram jarros com óleo junto com as lâmpadas. Como o noivo demorasse, todas acabaram cochilando e dormindo.

»No meio da noite, ouviu-se um alvoroço: O noivo está chegando. Ide acolhê-lo! Então todas se levantaram e prepararam as lâmpadas. As descuidadas disseram às previdentes: Dai-nos um pouco de óleo, porque nossas lâmpadas estão se apagando. As previdentes responderam: De modo algum, pois o óleo pode ser insuficiente para nós e para vós. É melhor irdes comprar dos vendedores. Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa do casamento. E a porta se fechou.

»Por fim, chegaram também as outras e disseram: Senhor! Senhor! Abre-nos a porta! Ele, porém, respondeu: Em verdade vos digo: não vos conheço! Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, nem a hora».

Ilustração: P. Lluís Raventós Artés

Hoje Jesus volta a falar do futuro. Concretamente, do futuro que nos espera como seres humanos. Somos os únicos animais capazes de refletir sobre o futuro. No entanto, somos tão “animais” que costumamos passar por alto essa reflexão, como se esta vida fosse eterna.

—O drama para as “virgens loucas” é que a plena felicidade, a eterna, depende de nosso aproveitamento do tempo: elas dormiram! ... e não chegaram a tempo.

O novo site evangeli.net já está disponível. Esperamos que a distribuição do conteúdo e as novidades facilitem a leitura e meditação do Evangelho e seus comentários.