Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quarta-feira da 4ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 12,44-50): «Quem me vê, vê aquele que me enviou». Jesus exclamou: «Quem crê em mim, não é em mim que crê, mas naquele que me enviou. Quem me vê, vê aquele que me enviou. Eu vim ao mundo como luz, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas. Se alguém ouve as minhas palavras e não as observa, não sou eu que o julgo, porque vim não para julgar o mundo, mas para salvá-lo. Quem me rejeita e não acolhe as minhas palavras já tem quem o julgue: a palavra que eu falei o julgará no último dia. Porque eu não falei por conta própria, mas o Pai que me enviou, ele é quem me ordenou o que devo dizer e falar. E eu sei: o que ele ordena é vida eterna. Portanto, o que eu falo, eu o falo de acordo com o que o Pai me disse».

Ilustração: Francesc Badia

Hoje, Jesus introduz-nos na intimidade da Santíssima Trindade. Deus não é um ser solitário; Ele é desde sempre como uma família, uma comunidade de pessoas que vivem uma mesma Vida: Pai, Filho e Espírito Santo.

O Pai enviou o seu eterno Filho à terra para curar a humanidade debilitada pelo pecado. O Filho feito homem é Jesus de Nazaré: Ele vem do Pai!

- Quem acredita em Jesus acredita no Pai. Obrigado, Jesus, porque me disseste que Deus é o meu Pai do Céu!