Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quarta-feira da 5ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 15,1-8): «Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós». «Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não dá fruto em mim, ele corta; e todo ramo que dá fruto, ele limpa, para que dê mais fruto ainda. Vós já estais limpos por causa da palavra que vos falei. Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira e vós, os ramos. Aquele que permanece em mim, como eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim, nada podeis fazer. Quem não permanecer em mim será lançado fora, como um ramo, e secará. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados. Se permanecerdes em mim, e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será dado. Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos».

Ilustração: Pili Piñero

Hoje, antes de ir para o céu, Jesus Cristo nos garante que Ele permanecerá conosco. Deus pode fazer isto: estar no céu —junto ao Pai e ao Espírito Santo— e, ao mesmo tempo, permanecer na terra. Faz a través de seu Amor, o Espírito Santo, que habita em nossos corações. Faz a través da Comunhão e dos outros sacramentos.

—Jesus nos pede que permaneçamos com Ele. Assim nossa vida dará fruto e será bonita: às vezes com dores, mas sempre com alegria. Que bonito é estar com Deus e com meus irmãos!