Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

O Evangelho de hoje
para a família

Evangelho de hoje + desenho + catequese

Tempo Comum, Semana XIII, Sábado

Baixar
Evangelho (Mt 9,14-17): Aproximaram-se de Jesus os discípulos de João e perguntaram: «Por que jejuamos, nós e os fariseus, ao passo que os teus discípulos não jejuam?». Aproximaram-se de Jesus os discípulos de João e perguntaram: «Por que jejuamos, nós e os fariseus, ao passo que os teus discípulos não jejuam?». Jesus lhes respondeu: «Acaso os convidados do casamento podem estar de luto enquanto o noivo está com eles? Dias virão em que o noivo lhes será tirado. Então jejuarão. Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda.Também não se põe vinho novo em odres velhos, senão os odres se arrebentam, o vinho se derrama e os odres se perdem. Mas vinho novo se põe em odres novos, e assim os dois se conservam».

Ilustração: Francesc Badia

Hoje, Jesus ensina-nos que não há que “jejuar por jejuar”, como quem cumpre somente uma norma. «Podem os companheiros do esposo ficar de luto enquanto o esposo estiver com eles?». Aí está a questão: acima do “cumprimento” está a lei do amor (a caridade). Imaginas-te a ti próprio a jejuar num casamento?

- Os santos não são pessoas aborrecidas: sabem que há um tempo para jejuar e um tempo para festejar. Além disso, têm presente o sentido mais profundo do jejum: acompanhar Jesus na Cruz. – Há quanto tempo não passo pelo Calvário?

O novo site evangeli.net já está disponível. Esperamos que a distribuição do conteúdo e as novidades facilitem a leitura e meditação do Evangelho e seus comentários.