Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

O Evangelho de hoje
para a família

Evangelho de hoje + desenho + catequese

Domingo XIX (B) do Tempo Comum

Baixar
Evangelho (Jo 6,41-51): Então, os judeus começaram a murmurar contra Jesus, porque ele dissera: «Eu sou o pão que desceu do céu». Diziam: «Este não é Jesus, o filho de José? (...) Como pode, então, dizer que desceu do céu?» Então, os judeus começaram a murmurar contra Jesus, porque ele dissera: «Eu sou o pão que desceu do céu». Diziam: «Este não é Jesus, o filho de José? Não conhecemos nós o seu pai e sua mãe? Como pode, então, dizer que desceu do céu?» Jesus respondeu: «Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o atrair. E eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos Profetas: ‘Todos serão discípulos de Deus’. Ora, todo aquele que escutou o ensinamento do Pai e o aprendeu vem a mim. Ninguém jamais viu o Pai, a não ser aquele que vem de junto de Deus: este viu o Pai.

»Em verdade, em verdade, vos digo: quem crê, tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Os vossos pais comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram. Aqui está o pão que desce do céu, para que não morra quem dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem come deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne, entregue pela vida do mundo».

Ilustração: Sr. Josep Lluís Martínez i Picañol (Picanyol)

Hoje, vemos a reacção dos ouvintes depois de Jesus lhes ter revelado um pouco mais da sua intimidade. Que grande é Deus! Fez-se “pão”, para que O comamos. Está “vivo”! Quem é mais vivo do que Deus eterno? “Descido do céu”: o “sonho dos sonhos”. Mais, não se pode pedir!

- Em vez de ficarem contentes, criticam-no… Pouco antes Jesus tinha-os alimentado com a extraordinária multiplicação dos pães e dos peixes: ninguém discutiu! Agora discutem! Parece que só aceitam “Deus aos bocados”. Deus sim, mas... à distancia. Interessante!, não é?

O novo site evangeli.net já está disponível. Esperamos que a distribuição do conteúdo e as novidades facilitem a leitura e meditação do Evangelho e seus comentários.