Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Domingo III (B) do Tempo Comum

Evangelho (Mc 1,14-20): Caminhando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu Simão e o irmão Então disse-lhes: «Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens». E eles, imediatamente, deixaram as redes e o seguiram. Depois que João foi preso, Jesus veio para a Galiléia, proclamando a Boa Nova de Deus: «Completou-se o tempo, e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede na Boa Nova». Caminhando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu Simão e o irmão Então disse-lhes: «Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens». E eles, imediatamente, deixaram as redes e o seguiram. Prosseguindo um pouco adiante, viu também Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão, João, consertando as redes no barco. Imediatamente, Jesus os chamou. E eles, deixando o pai Zebedeu no barco com os empregados, puseram-se a seguir Jesus.

Ilustração: Francesc Badia

Hoje, imaginamos Jesus a “pescar” os seus primeiros apóstolos: Simão e seu irmão André depois, os filhos de Zebedeu, ou seja, Tiago e João… E assim até aos nossos dias. “Pesca-os” para que sejam “pescadores de homens”.

- Graças a eles e a muitos outros corajosos, que se lhes seguiram durante séculos, nós somos cristãos: e também temos de ser “pescadores” que ajudem a Humanidade!