Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

O Evangelho de hoje
para a família

Evangelho de hoje + desenho + catequese

Jesus Cristo, sumo e eterno sacerdote (Quinta-feira depois de Pentecostes)

Baixar
Evangelho (Lc 22,14-20): Chegada que foi a hora, Jesus pôs-se à mesa, e com ele os apóstolos. Disse-lhes: «Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de sofrer». Chegada que foi a hora, Jesus pôs-se à mesa, e com ele os apóstolos. Disse-lhes: «Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de sofrer. Pois vos digo: não tornarei a comê-la, até que ela se cumpra no Reino de Deus». Pegando o cálice, deu graças e disse: «Tomai este cálice e distribuí-o entre vós. Pois vos digo: já não tornarei a beber do fruto da videira, até que venha o Reino de Deus». Tomou em seguida o pão e depois de ter dado graças, partiu-o e deu-lho, dizendo: «Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim». Do mesmo modo tomou também o cálice, depois de cear, dizendo: «Este cálice é a Nova Aliança em meu sangue, que é derramado por vós».

Ilustração: Pili Piñero

Hoje, a liturgia convida-nos a penetrar no maravilhoso coração sacerdotal de Cristo. Dentro de poucos dias, a liturgia leva-nos novamente ao coração de Jesus, mas centrados no seu carácter sagrado. Porém hoje admiramos o seu coração de pastor e salvador, que se desvela pelo seu rebanho, que nunca abandonará. Um coração que manifesta “desejo ardente” pelos seus, por nós: «Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de sofrer» (Lc 22,15).

Este coração de sacerdote e pastor manifesta os seus sentimentos, particularmente, na instituição da Eucaristia. Sou amigo de Jesus-Eucaristia?