Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Segunda-feira da 17ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Mt 13,31-35): «O Reino dos Céus é como um grão de mostarda (…). «O Reino dos Céus é como o fermento (…)».

O tempo de Jesus é o da semeadura e da semente

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje, Jesus diz-nos que os caminhos de Deus nunca nos conduzem a rápidos resultados. De fato, no começo, Jesus foi parar à cruz. Até os seus discípulos lhe faziam perguntas parecidas: —O que se passa?, Porque não nos seguem?, Então Ele respondia-lhes com as parábolas do grão de mostarda ou da levadura, para que compreendessem que a medida que Deus utiliza não é a estatística.

Portanto, o que aconteceu com o grão de mostarda e um pouco de levadura foi algo enormemente importante e decisivo, apesar de, naquela altura eles não o terem podido ver. Para conhecer os resultados nestas questões devemos esquecer-nos totalmente das proporções quantitativas. O cristianismo não é um negocio que se contabilize fazendo cálculos do tipo “estamos a vender muito”, “temos uma boa política de vendas”...

—Nós prestamos um serviço que depois pomos nas mãos do Senhor. O tempo de Jesus, o tempo dos discípulos, é o da sementeira e da semente: é promessa já presente no hoje.