Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quinta-feira da 1ª semana do Advento

Evangelho (Mt 7,21.24-27): Naquele tempo, Jesus disse aos discípulos: «Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor! Senhor! ’, entrará no Reino dos Céus, mas só aquele que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus (…)».

O “Cristo da fé” e o “Jesus histórico”

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje reafirmamos nossa fé no fato histórico o qual faz 2000 anos o Filho de Deus encarnou, fazendo-se “visível” —com fatos e palavras— em Jesus de Nazaré. Porém, alguns pesquisadores —desde algumas décadas— começaram a abrir uma greta entre o “Jesus histórico” e o “Cristo da fé.”

Abusando do “método histórico-–crítico" afirmaram que a imagem de Cristo que nos chegou pela fé (através da Igreja) não se corresponde com o Jesus que existiu historicamente. Mas as reconstruções deste Jesus, feitas deixando de lado a fé, resultaram cada vez mais contrastantes: Desde o revolucionário antiromano até o moralista benigno... Estas reconstruções são mais uma fotografia dos seus autores e de seus próprios ideais que põe ao descoberto a imagem do verdadeiro Jesus Cristo.

—Jesus, sem prescindir da história, eu confesso tua divindade e comunhão com o Pai. E desde esta fé —e somente assim— resultam também razoáveis historicamente tuas atuações e tuas palavras recolhidas nos Evangelhos.