Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Féria privilegiada do Advento: 18 de Dezembro

Evangelho (Mt 1,18-24): Ora, a origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José e, antes de passarem a conviver, ela encontrou-se grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu esposo, sendo justo e não querendo denunciá-la publicamente, pensou em despedi-la secretamente. Mas, no que lhe veio esse pensamento, apareceu-lhe em sonho um anjo do Senhor, que lhe disse: «José, Filho de Davi, não tenhas receio de receber Maria, tua esposa; o que nela foi gerado vem do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e tu lhe porás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados» (...).

São José, esposo de Maria e pai legal de Jesus

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje, dirigimos nosso olhar à figura de São José. São Lucas apresenta à Virgem Maria como “desposada com um homem chamado José, da casa de Davi” São Mateus dá maior releve ao pai putativo de Jesus, sublinhando que, através dele, o Bebê resultava legalmente inserto na descendência davídica e assim dava cumprimento as Escrituras, nas que o Messias tinha sido profetizado como "filho de Davi"

A função de São José não pode se reduzir a este aspecto legal. É modelo de homem “justo”, que em perfeita sintonia com sua esposa, acolhe ao Filho de Deus feito homem e vela por seu crescimento humano. Entre outros aspectos, destaca-se seu silêncio, impregnado de contemplação do mistério de Deus, com uma plenitude de fé e com uma atitude de total disponibilidade à vontade divina.

—Jesus, Tu aprendeste de teu pai José —no plano humano— a forte interioridade que é o pressuposto da autêntica justiça, a “justiça superior” que ensinaste aos teus discípulos.