Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Domingo II (B) da Quaresma

Evangelho (Mc 9,2-10): Seis dias depois, Jesus levou consigo Pedro, Tiago e João e os fez subir a um lugar retirado, no alto de uma montanha, a sós. Lá, ele foi transfigurado diante deles (…). Apareceram-lhes Elias e Moisés, conversando com Jesus (…). Ao descerem da montanha, Jesus ordenou-lhes que não contassem a ninguém o que tinham visto, até que o Filho do Homem ressuscitasse dos mortos. Eles ficaram pensando nesta palavra e discutiam entre si o que significaria esse “ressuscitar dos mortos”.

A Transfiguração e o mistério da Cruz

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje consideramos o mistério da Transfiguração em sua direta relação com a Cruz. Na cena aparece Moisés e Elías —a Lei e os Profetas—falando com Jesus e de Jesus. Só Lucas nos conta seu tema de conversação: a Cruz, como o êxodo de Jesus Cristo que devia cumprir-se em Jerusalém.

A Cruz de Jesus é um sair desta vida, um atravessar o "mar Vermelho" da paixão e um chegar à sua glória, na qual, ficam sempre impressos os estigmas. Com isso fica claro que o tema fundamental da Lei e os Profetas é a "esperança de Israel", o êxodo que liberta definitivamente.

—Moisés e Elias se convertem eles mesmos em figuras e testemunhos da paixão. Com ele Transfigurado falam do que disseram na terra, da paixão de Jesus. Mas enquanto falam sobre isso com Ele aparece evidente que esta paixão está impregnada da glória de Deus e que se transforma em luz, liberdade e alegria.