Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Segunda-feira da 12ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Mt 7,1-5): «Não julgueis, e não sereis julgados. Pois com o mesmo julgamento com que julgardes os outros sereis julgados; e a mesma medida que usardes para os outros servirá para vós (...)».

Fraternidade: juízo reto

Rev. D. Antoni CAROL i Hostench
(Sant Cugat del Vallès, Barcelona, Espanha)

Hoje Jesus Cristo, como Mestre, nos pede que ajudemos ao próximo, e que o façamos com humildade, dando bom exemplo e evitando o "juízo crítico". Às vezes "conhecemos" os defeitos nos outros sem "reconhecer" os nossos; ou exigimos o que nós mesmos não fazemos. O Senhor nos adverte do perigo da hipocrisia e nos pede a sinceridade conosco mesmos.

Amar a uma pessoa é desejar sua melhora, seu progresso. Para isto, com frequência devemos ver, julgar e avaliar. Mas, como fazê-lo positivamente? O segredo é duplo. Primeiro, o bom exemplo próprio, que anima a quem nos rodeia. Segundo, julgar com os olhos de Cristo: com a Verdade por diante e acompanhando com a misericórdia, isso é fraternidade.

—Jesus: desejo ocupar-me dos meus, como tu o fazes conosco. Vejo-te aceitando e desculpando Maria Madalena; vejo-te recolhendo e levando ao céu a Dimas, o bom ladrão. Ajuda-me a ajudar!