Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Tempo Comum, Semana XIII, Sábado

Evangelho (Mt 9,14-17): Aproximaram-se de Jesus os discípulos de João e perguntaram: «Por que jejuamos, nós e os fariseus, ao passo que os teus discípulos não jejuam?». Jesus lhes respondeu: «Acaso os convidados do casamento podem estar de luto enquanto o noivo está com eles? (…). Mas vinho novo se põe em odres novos, e assim os dois se conservam».

A nova evangelização: é necessário atualizar a “compreensão” da fé

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje, Jesus nos chama à "fidelidade renovada": mesmo que o conteúdo da fé não muda substancialmente, devemos considerar as mudanças de percepção cultural e as graves dificuldades do tempo com respeito à profissão da fé verdadeira e sua justa interpretação.

Os conteúdos essenciais que desde os séculos constituem o patrimônio de todos os crentes têm necessidade de ser confirmados, compreendidos e aprofundados de maneira sempre nova, com o fim de dar um testemunho coerente em condições históricas diferentes às do passado. O magistério da Igreja tem a responsabilidade de intensificar a reflexão sobre a fé para ajudar a todos os crentes em Cristo a que sua adesão ao Evangelho seja mais consciente e vigorosa em cada tempo.

—Nos tempos mais recentes a Igreja vem cumprindo esta missão com o Concilio Vaticano II ("bússola segura para orientar-nos no caminho do século que começa") e convocando duas vezes o "Ano da Fé" (com Paulo VI e com Bento XVI), entre outras muitas iniciativas.