Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Terça-feira da 19ª semana do Tempo Comum

Evangelho (Mt 18,1-5.10.12-14): Naquela hora, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: «Quem é o maior no Reino dos Céus?» Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles e disse: «Em verdade vos digo, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus (...)».

“Crianças” ante Deus (filiação divina)

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje perguntamo-nos que significa “ser criança” para Jesus que o considera como uma necessidade iniludível. Ser criança, no sentido de Jesus Cristo, significa aprender a dizer “Pai”. O homem quer ser Deus e —dando a esta expressão seu correto sentido— deve sê-lo. Para compreender a enorme força que contem esta palavra, é preciso lê-la na perspectiva de Jesus, o Filho.

Mas, quando o homem tenta sê-lo emancipando-se de Deus e da sua condição de criatura, pondo-se por cima de tudo e se centrando em si mesmo —como no eterno diálogo com a serpente no paraíso terreno— então acaba em nada, porque se coloca em contra de sua mesma verdade, que significa referi-lo tudo a Deus.

—Que apreendeste tu, Jesus, de tua Mãe? O "sim". Não um “sim” qualquer, senão a palavra “sim" que avança sempre, incansavelmente. Tudo o que tu queiras Meu Deus: "Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra".