Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quarta-feira da 2ª semana do Advento

Evangelho (Mt 11,28-30): Naquele tempo, responde Jesus, disse: «Vinde a mim, todos vós que estais cansados e carregados de fardos, e eu vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e sede discípulos meus, porque sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para vós. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve».

A “inspiração divina” nos redatores da “Bíblia”

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje procuramos o descanso na "Palavra de Deus": É este um refúgio certo? Na linguagem humana ocorre que uma palavra de certo peso costuma encerrar em si um relevo maior do que o autor, no seu momento, poderia ter consciência. Este valor (e/o significado) junto com a palavra —que vai mais além de seu instante histórico— resulta mais realce para as palavras que amadureceu no processo da história da fé.

No caso da "Bíblia", os redatores (inspirados por Deus) não falam simplesmente por e para si mesmos. A "inspiração sobrenatural" está em que o autor não fala como um sujeito privado, fechado em si mesmo. Fala em uma comunidade viva e, portanto, em um movimento histórico vivo que nem ele, nem a coletividade construiu, e sim onde atua uma força diretriz superior.

—Senhor-Deus, o longo caminho da "Bíblia" até a vinda de Jesus é um "grande advento" que tem guiado ao homem até o refúgio da Verdade plena.