Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: 14 de Agosto: São Maximiliano Mª Kolbe, presbítero e mártir

Evangelho (Jo 15,12-16): Naquele tempo, Jesus disse aos seus discípulos: «Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos (…)».

São Maximiliano Mª Kolbe, presbítero e mártir (1894-1941)

Rev. D. Antoni CAROL i Hostench
(Sant Cugat del Vallès, Barcelona, Espanha)

Hoje a Igreja venera como um santo um homem que foi concedido para cumprir estas palavras do Redentor: «Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos» (Jo 15,13). No campo de concentração de Auschwitz, cerca de quatro milhões de pessoas foram mortas. A desobediência ao mandamento de Deus, criador da vida: "Não matarás", causou naquele lugar a imensa catástrofe de tantos inocentes.

Padre Kolbe reivindicou seu direito à vida, declarando a disponibilidade para ir à morte em vez de um pai. Maximiliano Maria reafirmou o direito exclusivo do Criador sobre a vida do homem inocente e deu testemunho de Cristo e do amor: “Nisto conhecemos a caridade: na qual Ele deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos nossos irmãos ”(1Jn 3,16).

- Maximiliano não morreu; "Ele deu sua vida ... por seu irmão." Sua morte tornou-se um sinal de vitória sobre todo o sistema de desprezo e ódio ao homem e ao que existe de divino no homem; vitória semelhante à alcançada por Nosso Senhor Jesus Cristo no Calvário.