Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Domingo III (B) da Pascoa

Evangelho (Lc 24,35-48): Hoje, os Apóstolos são testemunhos de uma realidade que os transformou totalmente: Jesus —tal como constava na Sagrada Escritura— ressuscitou. A fé cristã se mantem ou cai com a verdade do testemunho de que Cristo ressuscitou de entre os mortos. “E se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é sem fundamento, e sem fundamento também é a vossa fé” afirma São Paulo (1Cor 15,14).

Se se prescinde disto, ainda se podem tomar da tradição cristã ideias interessantes sobre Deus e o homem sobre seu ser homem e seu “dever ser” — uma espécie de conceição de religiosa do mundo—, mas a fé cristã fica morta. Por outro lado, que Jesus somente tenha existido ou que, em troca, exista também agora depende da ressurreição. No “sim” ou no “não” esta questão não está em jogo um acontecimento mais entre outros, senão a figura de Jesus como tal.

—Na tua ressurreição, Jesus, alcançamos uma nova possibilidade de sermos homens e um novo futuro para a humanidade.

A ressurreição de Cristo, fundamento da mensagem cristã

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje, os Apóstolos são testemunhos de uma realidade que os transformou totalmente: Jesus —tal como constava na Sagrada Escritura— ressuscitou. A fé cristã se mantem ou cai com a verdade do testemunho de que Cristo ressuscitou de entre os mortos. “E se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é sem fundamento, e sem fundamento também é a vossa fé” afirma São Paulo (1Cor 15,14).

Se se prescinde disto, ainda se podem tomar da tradição cristã ideias interessantes sobre Deus e o homem sobre seu ser homem e seu “dever ser” — uma espécie de conceição de religiosa do mundo—, mas a fé cristã fica morta. Por outro lado, que Jesus somente tenha existido ou que, em troca, exista também agora depende da ressurreição. No “sim” ou no “não” esta questão não está em jogo um acontecimento mais entre outros, senão a figura de Jesus como tal.

—Na tua ressurreição, Jesus, alcançamos uma nova possibilidade de sermos homens e um novo futuro para a humanidade.