Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Quarta-feira da 5ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 15,1-8): «(...) Eu sou a videira e vós, os ramos. Aquele que permanece em mim, como eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim, nada podeis fazer (…)».

Unidos na verdade

Rev. D. Antoni CAROL i Hostench
(Sant Cugat del Vallès, Barcelona, Espanha)

Hoje, vemos Jesus no Cenáculo, rodeado pelos Apóstolos, num clima de particular intimidade. Dá-lhes as últimas recomendações antes da Paixão. Escutamos agora a exortação à unidade em redor da Palavra que lhes anunciou. Jesus refere-se de novo ao seu Pai do céu. Um Pai que nos quer reunir à volta do seu Filho.

Jesus, como bom Filho, é um reflexo perfeito do Pai. É o “Verbo” (Imagem) de Deus, a sua “Palavra”. Chegamos ao Pai através desta Palavra. Cristo falou-nos de si próprio, do Pai, do Espírito Santo, do seu Reino… E do homem! A Igreja não cessa de nos ensinar esta Palavra. Fá-lo guiada pelo Espírito da Verdade, que assiste principalmente ao Papa, Vigário de Cristo.

—Senhor, Tu deste-te a conhecer. Quero agradecer a tua confiança com uma atenção fiel aos ensinamentos da Igreja, ao Magistério e ao Papa.