Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

Ver outros dias:

Dia Litúrgico: Ascensão do Senhor (B)

Evangelho (Mc 16,15-20): Naquele tempo, (…) o Senhor Jesus foi levado ao céu e sentou-se à direita de Deus. Então, os discípulos foram anunciar a Boa Nova por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra pelos sinais que a acompanhavam.

A Ascensão de Cristo: o ser humano entra de um novo modo na intimidade de Deus

REDAÇÃO evangeli.net (elaborado com base nos textos de Bento XVI)
(Città del Vaticano, Vaticano)

Hoje, Jesus despede-se dos Apóstolos. Imediatamente depois, "se elevou” à vista deles e uma nuvem subtraiu-o a seus olhos. É o mistério da Ascensão. O uso do verbo "elevar" é de origem veterotestamentária, e refere-se à tomada de posse da realeza: a Ascensão de Cristo significa a tomada de posse do Filho do homem crucificado e ressuscitado na realeza de Deus sobre o mundo.

Porém, existe um sentido mais profundo, imperceptível imediatamente. A presença da nuvem, que "o subtraiu aos seus olhos" (Act 1,9), evoca uma antiquíssima imagem da teologia veterotestamentária (da nuvem do Sinai..., até à nuvem luminosa sobre o mundo da Transfiguração): evoca o mesmo mistério expresso pelo simbolismo do "sentar à direita de Deus”.

—Em Cristo, que subiu ao céu, o ser humano entrou de modo inaudito e novo na intimidade de Deus; o homem já encontra para sempre espaço em Deus.