Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Meditando o Evangelho de hoje

Evangelho de hoje + homilía (de 300 palavras)

11 de Julho: São Bento, abade, padroeiro da Europa

Baixar
1ª Leitura (Prov 2,1-9): Meu filho, se aceitares as minhas palavras e guardares os meus preceitos, dando ouvidos à sabedoria e inclinando o coração para a verdade; se invocares a inteligência e chamares a prudência; se a procurares como a prata e a buscares como um tesouro, então compreenderás o temor do Senhor e alcançarás o conhecimento de Deus. Porque é o Senhor que dá a sabedoria, da sua boca procedem o saber e a prudência. Ele reserva aos homens rectos a sua protecção, é um escudo para os que vivem honestamente. Ele protege os caminhos da justiça, guarda os passos dos seus fiéis. Então compreenderás a justiça e o direito, a rectidão e todos os caminhos da felicidade.
Salmo Responsorial: 33
R/. Em todo o tempo e lugar bendirei o Senhor.
A toda a hora bendirei o Senhor, o seu louvor estará sempre na minha boca. A minha alma gloria-se no Senhor, escutem e alegrem-se os humildes.

Enaltecei comigo o Senhor e exaltemos juntos o seu nome. Procurei o Senhor e Ele atendeu-me, libertou-me de toda a ansiedade.

Voltai-vos para Ele e ficareis radiantes, o vosso rosto não se cobrirá de vergonha. Este pobre clamou e o Senhor o ouviu, salvou-o de todas as angústias.

O Anjo do Senhor protege os que O temem e defende-os dos perigos. Saboreai e vede como o Senhor é bom: feliz o homem que n’Ele se refugia.

Temei o Senhor, vós os seus fiéis, porque nada falta aos que O temem. Os poderosos empobrecem e passam fome, aos que procuram o Senhor não faltará riqueza alguma.
Versículo antes do Evangelho (Mt 5,3): Aleluia. Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos Céus. Aleluia.
Evangelho (Mt 19,27-29): Naquele tempo, Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: «Eis que deixamos tudo para te seguir. Que haverá então para nós?» Respondeu Jesus: «Em verdade vos declaro: no dia da renovação do mundo, quando o Filho do Homem estiver sentado no trono da glória, vós, que me haveis seguido, estareis sentados em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel. E todo aquele que por minha causa deixar irmãos, irmãs, pai, mãe, mulher, filhos, terras ou casa receberá o cêntuplo e possuirá a vida eterna».

«Nós deixámos tudo para te seguir. Que haverá então para nós?»

Dom Josep ALEGRE Abade de Santa Mª Poblet (Tarragona, Espanha)

Hoje, na festa de São Bento, a liturgia da Palavra transmite-nos, com frases de Jesus Cristo, a esperança que deve inundar-nos quando deixamos tudo para estar com Ele. «Houve um varão de vida venerável, bendito pela graça e de nome Bento, dotado desde a mais tenra infância de uma prudência de ancião. Com efeito, antecipando-se pelos seus hábitos à idade, jamais entregou o seu espírito a nenhum prazer, antes estando ainda neste mundo e podendo gozar livremente dos bens temporais, desprezou o mundo com as suas flores, como se já estivesse murcho». Assim começa S. Gregório Magno a falar-nos da vida de S. Bento. E assim começa S. Bento a cumprir o evangelho que a Igreja nos propõe hoje na sua festa: deixar tudo para seguir o Mestre.

Para seguir Jesus, devemos deixar o que não tem consistência e abraçar a verdadeira sabedoria, que move os corações e abre as portas da imortalidade, diferente da sabedoria deste mundo, que costuma fechar e endurecer os corações, condenando-os à esterilidade e à morte, fazendo o homem desgraçado, pois o seu coração está feito para a vida, para Deus, e só serena nas fontes da vida, no abraço de Deus.

O caminho escolhido por S. Bento é, portanto, a via para merecer escutar as palavras de Jesus: «No dia da renovação do mundo, quando o Filho do Homem estiver sentado no trono da glória, vós, que me haveis seguido, também estareis sentados em doze tronos...» (Mt 19,28). Este mundo novo começa a ser esboçado por quem assume na sua vida a sabedoria do Reino, porque tem o Espirito divino que tudo perscruta e distingue os caminhos de Deus. E assim se torna credor de receber e herdar a vida eterna, que se antecipa neste mundo seguindo e conhecendo o Senhor Jesus, que afirma claramente: «Esta é a vida eterna: que te conheçam a Ti, Pai, e ao teu enviado, Jesus Cristo» (Jo 17,3). Foi o que fez S. Bento... E tu?

O novo site evangeli.net já está disponível. Esperamos que a distribuição do conteúdo e as novidades facilitem a leitura e meditação do Evangelho e seus comentários.