Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Uma equipe de 200 sacerdotes te comentam o Evangelho do dia

  evangeli.net  

Prezado/a amigo/a:

Nos próximos dias — concluindo a Páscoa e retomando o tempo ordinário — chegam importantes solenidades do ano litúrgico: a Ascensão, Pentecostes, a Santíssima Trinidade, Corpus Christi e o Sagrado Coração de Jesus.

Não são festas “nossas” que celebramos com Deus, e sim festas de Deus que Ele celebra conosco. É meu desejo acompanhar com umas palavras em cada uma destas celebrações, anexando um breve comentário (um por semana) e antecipando —mediante links— alguns de nossos conteúdos de evangeli.net.

***

Com sua Ascensão aos céus, Cristo não desaparece, não nos abandona, não foi a um lugar distante… É justamente ao revés: Deus nunca tinha estado tão próximo dos homens como a partir da Ascensão. Naquele dia, por primeira vez na História, um Corpo humano —o de Jesus— entra no céu, na gloria de Deus. Antes isto nunca havia sucedido!

Estar no céu! Não significa estar em outro planeta, e sim entrar em um novo nível de vida: o rosto humano de Jesus Cristo entra em intimidade divina com o Pai. Assim, em comunhão com o Pai, Jesus nos vê e nos assiste, em qualquer lugar e em qualquer tempo. Vivemos, pois, um novo modo da presença de Jesus entre nós. Nós gostaríamos de tocá-lo e experimentá-lo em sua Humanidade, mas… agora temos algo maior! Podemos “tocar” e viver sua Divindade. O Espírito Santo, a Eucaristia e a Palavra são o caminho para “tocar” e viver a este Jesus que, em seu “ir-se” —em realidade— “veio”. Deus é Deus!.

«Vou embora e volto ao seu lado» (Jn 14,28), lhes tinha dito Jesus Cristo. Os Apóstolos assim o experimentaram. De fato, «eles voltaram a Jerusalém cheios de alegria» (Lc 24,50). Ao “Deus próximo”, a partir daquele momento, o podiam “tocar” melhor que nunca. Um grande dom! Que, ao mesmo tempo, comportava uma grande tarefa: ir ao mundo inteiro para proclamar ao Cristo Vivente (cf. Mc 16,15). A todo o mundo? Isto era impossível e irrealizável. Mas o fizeram, porque agora Cristo Rei do mundo está conosco mais que nunca.

P. Antoni Carol i Hostench

 

(Coordenador Geral de evangeli.net)

evangeli.net
"Meditando o Evangelho de hoje" (Evangelho + meditação)
"Master·evangeli.net" (Evangelho + teologia)
"O Evangelho de hoje para a família" (Evangelho + desenho + catequese)
Se você deseja REGISTRAR UM AMIGO, é muito fácil! clique aqui e siga as instruções
pixel tracking